terça-feira, junho 13, 2006

À alguém... nunca achei que serviria!

VIRGEM
(Marina Lima/Antonio Cicero)

As coisas não precisam de você
Quem disse que eu
Tinha que precisar?
As luzes brilham no Vidigal
E não precisam de você,
Os Dois Irmãos também não precisam
O Hotel Marina quando acende
Não é por nós dois
Nem lembra o nosso amor
Os inocentes do Leblon,
Esses nem sabem de você
Nem vão querer saber,
E o Farol da Ilha só gira agora
Por outros olhos e armadilhas
O Farol da Ilha procura agora
Outros olhos e armadilhas
Outros olhos e armadilhas

2 comentários:

Uirah Felipe disse...

esse poema eh seu????


olhos e armadilhas, mto interesting

Uirah Felipe disse...

ops... agora revi.. eita kbeça mole!!!