segunda-feira, agosto 02, 2010


Há muito venho adiando a decisão de parar de tentar entender as pessoas.
Sábia decisão, burro adiamento.

A boa intenção, dedicação e atenção demandadas para conhecer as pessoas na sua intrigante individualidade é uma grandessíssima estupidez que nos coloca numa situação muito ingrata de malucos chatos.

Não se pode dar atenção nenhuma a ninguém. Ninguém precisa que a gente lhe faça o favor de sentir-se especial porque todos já têm vaidade demais em seus coraçõezinhos.

Cuidemos dos nossos e, assim como os outros – porque eles sim são felizes – tornemos impermeáveis nossas charmosas bolhas...

2 comentários:

Eu Hein Natasha disse...

Na minha enorme e linda e costumizadíssima bolha tem espaço pra vc!!

tiago disse...

como eu gosto de dizer:
tentar entender as pessoas é engraçado,
conseguir é triste.